Lição 81- Livro Passos de Gigante

“A capacidade de manter os problemas em perspectiva permite que as pessoas bem-sucedidas evitem a armadilha da estrutura mental do “problema amplo”. Em vez de dizer: “Porque como demais, minha vida está destruída”, elas podem dizer: “Tenho um certo desafio com meus hábitos alimentares”, e focalizar o modo de melhorar seu comportamento. Por outro lado, as pessoas que acreditam que seus problemas são amplos consideram que fracassaram porque não conseguiram realização numa determinada área- uma generalização que as leva a se sentirem completamente impotentes.

Para superar a falsa crença de que um problema é amplo, você deve controlar imediatamente alguma parte dele. Não importa se você ataca até mesmo a menor parte do problema; simplesmente comece agora.”

Anthony Robbins

Lição 80- Livro Passos de Gigante

“O modo como enfrentamos a adversidade define nossas vidas mais do que qualquer coisa. Quem faz grandes conquistas geralmente vê os problemas como transitórios, ao passo que quem fracassa vê até os menores problemas como duradouros. Adotar essa última estrutura mental é dar o primeiro passo para a armadilha que o Dr. Martin Seligman chama de impotência aprendida, causada pelas seguintes percepções:

1- O problema é permanente (e não temporário);

2- O problema é amplo (em vez de afetar apenas uma área);

3- O problema é pessoal, evidência de que há algo errado conosco (em vez de uma oportunidade para aprender).

Nos próximos dias, vamos nos concentrar nos antídotos para essas crenças enfraquecedoras. Por hoje, para contrabalançar a primeira crença, lembre-se de que “Este problema também deve passar”. Se continuar insistindo, encontrará um caminho.”

Anthony Robbins

 

Lição 79- Livro Passos de Gigante

“Se vai cometer um erro, frequentemente é melhor que erre por superestimar suas capacidades. Por quê? Seu sucesso pode depender disso. Uma das diferenças entre os pessimistas e os otimistas é que , depois de tentarem aprender uma nova habilidade, os pessimistas geralmente se avaliam com exatidão, ao passo que os otimistas estimam o próprio desempenho como superior ao que realmente foi.

Após a avaliação, os pessimistas desistem, não vendo um bom para insistir numa atividade infrutífera. De modo oposto, as percepções positivas dos otimistas lhes dão o suporte emocional e o impulso para persistirem e, por fim, dominarem a habilidade. Assim, avaliações aparentemente irrealistas tornam-se um reflexo da verdadeira habilidade.

Lembre-se, o passado não é igual ao futuro. Qual é o primeiro passo que você pode dar em direção ao sonho que um dia achou impossível?

Anthony Robbins

Lição 78- Livro Passos de Gigante

“A maioria das pessoas que dizem “seja realista” vive com medo. Frequentemente- devido a desapontamentos e ao que perceberam como fracassos- têm medo de ficar por baixo de novo. As crenças limitadoras que desenvolveram para se proteger fazem com que hesitem, se afastem dos riscos e evitem dar tudo de si; consequentemente obtém resultados limitados.

Os grandes líderes raramente são “realistas” segundo os padrões das outras pessoas. Entretanto, são precisos e inteligentes. Mahatma Gandhi acreditava que poderia obter pacificamente a autonomia para a Índia, opondo-se sem violência à Grã Bretanha, algo que nunca fora feito. Não estava sendo realista, mas mostrou que estava certo.

Que crenças supostamente realistas você obriga? Que expectativas novas, empolgantes, irreais, mas inteiramente possíveis você pode abraçar?

Lição 77- Livro Passos de Gigante

” Talvez Einstein tenha sido quem melhor definiu: “A imaginação é mais poderosa do que o conhecimento.” Com muita frequência, fica provado que nosso cérebro não pode distinguir algo que imaginamos nitidamente de algo que vivenciamos.

Assim que compreender isso, sua vida poderá ser transformada. Por exemplo: muitas pessoas têm medo de tentar algo simplesmente porque nunca o fizeram antes.

Porém o próprio fundamento do sucesso dos líderes é que, a despeito de experiências contrárias no passado, eles repetidamente se imaginam obtendo os resultados desejados. Desse modo, forjam o sentimento de certeza que os guia na utilização de seu verdadeiro potencial.

Você tem algum objetivo que o empolgue, mas que implique fazer algo que você nunca fez antes? Não seria este um bom momento para se imaginar tendo sucesso?

Anthony Robbins

 

Lição 76- Livro Passos de Gigante

“Qual é o segredo do sucesso? Frequentemente sugerimos que é a genialidade. Porém, acredito que a verdadeira genialidade é a capacidade de concentrar nossos recursos mais poderosos simplesmente nos colocando num estado de certeza absoluta.

A carreira do bilionário Bill Gates começou quando ainda estava na faculdade, em Harvard, e prometeu entregar um software que ainda não tinha desenvolvido para um computador que ele nunca vira! Devido às sua certeza (que era completamente infundada), Bill Gates pôde juntar todos os recursos de que precisava para coprojetar o software e começar a construir sua fortuna.

Certamente temos mais chance de obter sucesso em qualquer área se não apenas nos comprometermos com o resultado, mas estivermos absolutamente certos de que podemos consegui-lo. Com que frequência você experimenta essa emoção fortalecedora?

Anthony Robbins 

Lição 75- Livro Passos de Gigante

” O poder das crenças é demonstrado dramaticamente por estudos de pessoas com personalidade múltipla. Por causa da força de suas crenças, da absoluta certeza de que se transformam em outras pessoas, a mente delas altera até a fisiologia de modo perceptível e espantoso. Seus olhos chegam a mudar de cor, marcas físicas desaparecem e reaparecem, e até doenças, como diabetes ou pressão alta, vêm e vão. Tudo isso se baseia na crença do paciente com relação a que personalidade- que crença- está sendo manifestada.

De um modo menos sensacional, mas tão profundo, que transformações ocorreram em sua vida quando você mudou uma crença?

Anthony Robbins

Lição 74- Livro Passos de Gigante

” Pense nos efeitos de longo prazo sobre sua vida se você tivesse maior certeza para sustentar as crenças fortalecedoras.

Use o seguinte exercício para aumentar seu nível de empenho:

1- Escolha uma crença que deseja elevar ao nível de convicção.

2- Acrescente referências mais fortes para essa crença. Por exemplo, se decidiu nunca mais comer carne, converse com pessoas vegetarianas para descobrir como essa opção as afetou.

3- Encontre ou crie um evento que provoque forte intensidade emocional. Por exemplo, se você se propôs a deixar de fumar, visite a ala de tratamento intensivo de um hospital e observe os pacientes com enfisema pulmonar.

4- Com passos grandes ou pequenos, comece a agir de acordo com sua convicção.

 

Anthony Robbins

Lição 73: Livro Passos de Gigante.

“Devido à paixão que nos inspiram, as convicções nos levam a agir. Alguém que se preocupa muito com os direitos dos animais tem uma crença, mas alguém que passa o tempo livre apaixonadamente informando os outros sobre questões como testes laboratoriais e as consequências de uma dieta à base de carne tem convicção.

Existem áreas de sua vida em que ter convicção lhe daria o impulso necessário para suplantar qualquer tipo de obstáculo? Por exemplo, você entende de que modo a convicção de nunca se permitir engordar demais iria levá-lo a opções de vida mais saudáveis? Percebe como uma convicção do tipo “sempre encontro um jeito de resolver as coisas” poderia ajudá-lo a superar momentos difíceis?

Anthony Robbins.

Lição 72- Livro Passos de Gigante

“Qual o objetivo de uma crença? Ela nos guia nas tomadas de decisão, mostrando como evitar a dor e obter prazer mais rapidamente. Por causa de nossas crenças, não precisamos começar sempre do zero ao fazer escolhas. Algumas vezes, nos momentos de maior temor, dor ou intensidade emocional, procuramos alívio na forma de uma crença. Você conhece, por exemplo, alguém que tenha transformado a dor de um relacionamento ruim na convicção de que nunca encontrará o amor?

Algumas pessoas resistirão a toda informação contrária a suas convicções; no nível mais extremo, preferem sofrer uma dor terrível- solidão, depressão e até a morte- a abrir mão de suas crenças.

Você tem convicções? Quais  delas lhe dão força, e quais o enfraquecem?

 

Anthony Robbins