O que é e o que faz um Coach?

Todo indivíduo pode se transformar quem ele quiser, através de seu potencial infinito, que, se usado plenamente, promove resultados extraordinários em todos os aspectos de sua vida, seja pessoal ou profissional.

Mesmo com essa força realizadora inerente, a maioria das pessoas não conseguem acessá-la, devendo-se principalmente pela falta de autoconhecimento.

Nesse sentido, entra em cena o profissional que tem como missão auxiliar estas pessoas a encontrarem a si mesmo, bem como suas potencialidades, para que despertem suas melhores versões.

O Coach é o profissional especializado no processo de Coaching. Pode ser considerado um treinador que assessora o seu cliente (coachee), levando-o a refletir, chegar a conclusões, definir ações e, principalmente, agir em direção a seus objetivos, metas e desejos.

A essência do Coaching está em fornecer suporte para que o indivíduo aprimore, se transforme e evolua. Assim como, auxiliá-lo a seguir na direção certa para seu estado desejado. O processo de Coaching cria consciência, potencializa a escolha e leva à mudança.

O processo de coaching é realizado em sessões (encontros/reuniões) sejam elas, semanais, quinzenais ou mensais. O profissional aplica técnicas, ferramentas e perguntas poderosas para mobilizar seu cliente (coachee) a entrar em ação para atingir suas metas e acelerar os resultados. O objetivo é maximizar a performance do indivíduo como um todo, na vida pessoal e profissional.

 

Mitos e Verdades sobre o Coaching 2

Mito: Coaching é para consertar comportamento problemático.

Verdade: Coaching é desenvolver novos potenciais.

O objetivo não é mudar a personalidade, e sim expandir o leque de respostas, treinando outras possibilidades para aumentar suas escolhas, ou seja, além dos comportamentos que a pessoa já tem, ela treina outros para ampliar suas escolhas diante das circunstâncias.

O ser humano tem uma tendência de, em situações de estresse, fazer mais do mesmo. Se a pessoa fala alto, em situações de estresse ela grita, se é fechada, em situações de estresse ela se tranca ou desaparece; se funciona lentamente, em situações de estresse ela paralisa.

A tendência é que o indivíduo repita um estilo de comportamento constantemente, mesmo quando a situação pedir por algo diferente. O comportamento em si não é problema, mas se torna por ser utilizado fora de contexto. O coach proporciona o desenvolvimento de novas competências, para que hajam outras opções mesmo em momento de estresse.

Todo trabalho de desenvolvimento de carreira se torna inócuo se o desenvolvimento de competências não fizer parte do processo.

Fonte: Livro Coach Palestrante

Autora: Marcia Luz

Livro: Flor do Dia

Consciência do propósito

” Muitos sofrem por não saber quais são seus dons e talentos. E muitos já sabem, mas mesmo assim sentem-se vazios e isolados. Ainda não encontraram uma razão para acordar de manhã. O que realmente propicia o sentimento de completude é a consciência do propósito da alma. Tendo essa consciência, você utiliza seus dons e talentos para fazer o que precisa ser feito. Quando você reconhece o seu propósito, suas habilidades se multiplicam e se transformam para que você possa realizar a meta da sua alma”.

Sri Prem Baba

Livro Passos de Gigante- 365 Lições diárias de autodomínio

Lição 4

Cada um de nós é dotado de recursos inatos que nos permitem alcançar tudo que já sonhamos, e mais ainda. As comportas podem ser abertas por meio de uma decisão, trazendo-nos alegria ou tristeza, prosperidade ou pobreza, companheirismo ou solidão, vida longa ou morte breve.

Eu o desafio a tomar hoje mesmo uma decisão que possa mudar ou melhorar imediatamente a qualidade de sua vida. Faça alguma coisa que vem adiando…aprenda alguma habilidade nova…trate as pessoas com mais respeito e compaixão…ligue para alguém que não vê há anos. Saiba apenas que todas as decisões têm consequências. mesmo não tomar decisão nenhuma é um tipo de decisão.

Que decisões você tomou ou deixou de tomar no passado e que influenciam fortemente sua vida atual?

Habilidades e Competências de uma Mulher Empreendedora

Todos nós possuímos um conjunto de características quando nascemos.

Dentre elas algumas são hereditárias, a soma dessas características e a  nossa experiência formam nossa personalidade, que é um conjunto de vocações.

O que isso significa? Todas as áreas que podemos atuar com sucesso.

Então antes de empreender é muito importante você saber quais são seus pontos fortes e fracos, para desenvolver seu potencial e minimizar seus sabotadores.

Quando você têm uma visão clara das suas vocações, fica mas fácil obter sucesso no seu negócio.

Existem Diferenças entre  Habilidade, Talento e Competência!

Habilidade podem ser adquiridas, e as Competências é a união dos seus talentos que é o que nasce com você,  e suas habilidades.

mulher_pensando

Se você é uma empreendedora e  deseja ingressar nos negócios, sempre procure desenvolver habilidades e competências novas ou aprimorar as já conhecidas.

Se possível, contrate o serviço de um coach profissional e tente identificar quais são seus pontos fortes, além dos quesitos nos quais é possível se aprimorar.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias.

Não esqueça de compartilhar esse artigo com suas amigas nas redes sociais.

Conheça Agora as Competências de uma Mulher Empreendedora de Sucesso e descubra quais que você precisa desenvolver:

1. Senso de oportunidade

Antecipar-se aos fatos e criar novas oportunidades de negócios.

2. Dominância

Ter compreensão do assunto e prática do fazer.

3. Realização

Ter energia para fazer acontecer.

4. Autoconfiança

Ter segurança em relação a seus propósitos.

5. Otimismo

Ser capaz de reagir bem, até na hora das dificuldades.

6. Dinamismo

Ter capacidade de agir de modo adequado sobre a realidade, sendo rápido e apresentando soluções.

7. Independência

Não sentir a necessidade de ter um “empurrãozinho” de outros para se mover e se animar.

8. Persistência

Ser capaz de manter-se firme e constante, sem perder a objetividade.

9. Flexibilidade e resistência a frustrações

Possuir a habilidade de rever posições, assumir o novo e ceder quando preciso.

10. Criatividade

Ser capaz de encontrar caminhos e soluções viáveis e reais.

11. Propensão ao risco

Saber calcular coerentemente os níveis de risco envolvidos.

12. Liderança carismática

Ter equilíbrio em liderar, para vencer com visão em um todo.

13. Habilidade de equilibrar sonho e realidade

Ter conhecimento de planejamento e de gerenciamento.

14. Habilidade de relacionamentos

Manter relacionamentos de forma objetiva, mas com critérios de respeito ao próximo e cordialidade.

Lembre-se de não esquecer, as competências podem ser adquiridas.

     kel
Kel Larangeira
Coach de Mulheres