Amor-próprio

Amor-próprio não tem a ver com estar apaixonado por sua própria imagem no espelho, não é narcisismo; tem relação com exercitar suas escolhas, independentemente do que os outros pensem ou digam.

Amor-próprio tem a ver com seguir seu contentamento, mesmo que ele seja considerado tolo ou fútil por quem não habita o seu corpo e nem conhece o interior de sua alma. Apenas você sabe o que te move, ninguém mais.

Livro: 365 reflexões para viver o agora.

Flavia Melissa.

Deixe uma resposta