Curar-se

“Curar-se é mais que sarar uma ferida. Você se cura toda vez que você entende que é a melhor pessoa que poderia ser com com as condições que você tinha para se desenvolver. Você se cura sempre que aceita e respeita sua história- contando para você a melhor história da sua vida.

Você se cura toda vez que para de culpar e julgar seus pais e entende que culpá-los por qualquer coisa que tenha acontecido no seu caminho é uma mentira. Você se cura toda vez que verdadeiramente perdoa a sua história e a história das pessoas que viveram com você e entende que tudo contribuiu para que você fosse exatamente quem você é.

Você se cura toda vez que reconhece seus pontos fortes e de melhoria e abraça as suas sombras e reconhece que você não poderia existir sem elas, já que somos seres duais. Entende que sua sombra é apenas uma parte de você e que a outra parte é luz e ambas fazem de você uma pessoa extraordinária que só precisa trabalhar para mostrar mais a luz que a sombra para as pessoas.

Isso é cura em nível profundo e é também autoconhecimento. É conhecer, reconhecer e aceitar- por meio do perdão- todo seu passado, que gerou seu presente e projeta o seu futuro.”

Retirado do livro: Roda da vida.

Autor- José Roberto Marques.

 

Deixe uma resposta