Amadurecimento

“Mas a gente amadurece.

E aprende a gostar daquilo que tem qualidade. Falo qualidade de afetos, de trocas, de mercadoria também. É como aprender a se vestir bem. Só o tempo nos mostra o que cai bem, aquilo que fica adequado ou não ao nosso corpo. Adolescentes, seguimos a moda à risca e arriscamos um “tomara que caia” num corpo sem seios, sem estrutura…ou uma calça skinny num quadril desproporcional só porque tá todo mundo usando…

Com o tempo aprendemos que nem tudo nos cabe. Nos relacionamentos também. E então aprendemos a dar valor ao que é nobre, ao que nos faz bem, àquilo que desperta nosso lado mais humano, gentil, generoso, aquele que temos orgulho de sustentar…

Fabíola Simões.

Deixe uma resposta